Marketing Digital

5 dicas de marketing digital para psicólogos

Não é nenhuma novidade que o mundo corporativo está cada vez mais competitivo e na área da saúde isso não é diferente. Por isso, se você quer tornar a sua clínica e até mesmo o seu nome mais conhecido é fundamental aprender mais sobre o marketing digital para psicólogos.

Investir na presença on-line da sua marca é um diferencial que pode alavancar o rumo do seu negócio, tornando-o uma referência no setor da saúde. Para ajudar nesse segmento, atualmente, existem diversas técnicas e ferramentas à disposição para promover um bom planejamento de marketing digital para psicólogos.Você não domina esse assunto? Então, não se preocupe! Nós estamos aqui para dar algumas dicas valiosas. Continue a leitura e saiba mais!

1. Tenha uma identidade visual marcante

O primeiro passo para tornar a sua marca um diferencial competitivo é ter uma identidade visual marcante. Isso significa que você precisa investir em um designer ou agência que crie um logotipo que atenda aos objetivos da sua clínica.Vale ressaltar que se você inserir muitos elementos no logo isso causará uma confusão mental e não queremos isso, não é mesmo? Aliás, sabemos que você também entende sobre a importância da psicologia das cores.  

Sendo assim, é fundamental escolher os elementos, a tipografia e as cores que realmente transmitam a mensagem que você quer passar — seja de cura, reflexão, renovação, saúde, qualidade de vida e muito mais.

2. Conecte todos os canais digitais da sua empresa

Primeiramente, você precisa saber que seja qual for os canais escolhidos para trabalhar (por exemplo: site, blog, redes sociais e landing pages), é necessário utilizar o mesmo padrão visual e, obviamente, o mesmo logotipo!

Imagine que um futuro paciente recebeu um folder (marketing off-line) do seu consultório com um convite para acessar o site. Ao acessá-lo, percebeu que as cores e o logo são totalmente diferentes do folder. Na sequência, apertou no ícone do Facebook e foi direcionado para a plataforma, onde encontrou um terceiro tipo de logo, com tonalidade de cores totalmente diferentes do folder e do site. Certamente, isso causa uma tremenda confusão, você concorda?

Por isso, é fundamental você investir em um padrão visual em todos os canais da sua empresa, seja no ambiente on-line ou off-line.Ah! Lembre-se de que não é somente o padrão visual que importa, certo? A linguagem adequada para a sua persona (personagem semi fictícia que representa o comprador ideal), a postura e a clareza de informações precisa ser prioridade em todas as suas estratégias.

3. Crie conteúdos para ajudar as pessoas

Os seus pacientes precisam se sentir conectado com você e identificar que você é o profissional ideal para ajudá-lo. Você deve estar se questionando: mas, como eu faço isso?

A resposta é simples: crie conteúdos para ajudar as pessoas. Nesse cenário, a originalidade é fundamental. Ou seja, não poste imagens com frases motivacionais baixadas do Google. Crie uma identidade da sua marca para entrar na mente dos seus pacientes com uma mensagem positiva e original.

Certamente, você pode copiar diversas frases motivacionais, trazer citações e livros de outros autores. No entanto, saiba que a forma como você trabalha isso no mundo on-line faz toda a diferença.

Por exemplo, ao invés de baixar uma mensagem (como citamos acima) e simplesmente anexá-la ao feed, contrate uma agência especializada que ajude a criar uma identidade personalizada, para que os seus pacientes percebam que você investiu em proporcionar a ele um conteúdo exclusivo.

Dessa maneira, o marketing de conteúdo ajuda a você criar uma relação com seus pacientes e futuros pacientes. Afinal, de acordo com Andrew Davis (fundador do Monumental Shift Tweer):

“Conteúdo constrói relacionamentos. Relacionamentos são baseados em confiança. Confiança gera receita”.

Portanto, é fundamental criar um calendário editorial com diversos conteúdos que ajudem, de alguma maneira, os seus pacientes. Assim, você cria relacionamentos sólidos baseados na transparência e confiança.

4. Invista em campanhas pagas de marketing digital para psicólogos

Além de fazer uma postagem no Facebook ou Instagram e escrever conteúdos para o seu blog, é fundamental investir em campanhas pagas. Isso porque, elas possibilitam alcançar um número maior de pessoas, fazendo com que mais pacientes tenham acesso às suas mensagens.

Além disso, as campanhas permitem segmentar o seu público-alvo. Por exemplo, imagine que você abriu um novo consultório em Curitiba (PR) e vai fazer um evento de lançamento, assim, precisa que as pessoas se inscrevam para participar. Então, criou um anúncio sobre “participe da inauguração do consultório x”.

Assim, de nada vai adiantar o seu anúncio aparecer para residentes em São Paulo (SP) e não aparecer em Curitiba, você concorda? Então, os anúncios pagos permitem que você segmente para quem ele deve aparecer — dessa maneira, há mais chances de atingir os resultados esperados.

5. Use a tecnologia ao seu favor

Além de utilizar o Facebook Ads, Instagram Ads e Google Ads (abordamos esse assunto no item anterior, quando falamos em anúncios pagos), você pode investir em softwares exclusivos para otimizar o seu tempo e direcionar melhor o rumo do seu consultório com o marketing digital para psicólogos.

Você pode criar um aplicativo que ajuda os seus pacientes nos seus tratamentos, criar um sistema de agendamento e cancelamento de consulta on-line (como o YouCanBook.Me) e ainda criar chatboats para responder às dúvidas mais frequentes dos seus pacientes.

Além disso, você pode criar e-books, cursos on-line, workshops, palestras e até mesmo investir no atendimento on-line de pacientes. Tudo isso disponibilizando links no seu site e compartilhando nas redes sociais. Assim, as pessoas percebem a integração dos seus canais de atendimento e têm uma boa experiência do usuário (UX).

Conhecer algumas dicas sobre marketing digital para psicólogos é fundamental para tornar o seu nome mais conhecido e ajudar mais pessoas. Para isso, é possível abusar do potencial do mundo on-line para fortalecer os relacionamentos com os seus pacientes. No entanto, é preciso ficar de olho nas principais regras do Conselho Regional de Psicologia para não cometer nenhum erro, está bem?

Agora que você conheceu um pouco mais sobre o marketing digital para psicólogos, que tal ler também algumas dicas para escolher o nome correto para a sua empresa? Boa leitura!