Brook Preloader
Como o blog atrai alunos para a sua instituição de ensino?

Como o blog atrai alunos para a sua instituição de ensino?

Uma ferramenta que está sendo muito explorada no marketing educacional é o blog. Ele é uma página da internet (podendo estar inserido tanto dentro como fora do site da sua empresa) que resulta em criar conteúdo relevante para promover o Inbound Marketing.

blog é um recurso fundamental para quem deseja atrair mais alunos para a sua instituição de ensino. Isto porque ele possibilita criar excelentes oportunidades de conversão, desde o primeiro contato do visitante com a sua empresa até quando ele se matricula em algum curso.

Quer aprender como o blog atrai mais alunos para a sua instituição de ensino? Venha conosco!

Capta alunos por meio do funil de vendas no marketing educacional

O funil de vendas, ou pipeline, é um recurso fundamental para quem almeja sucesso nas suas estratégias on-line. É um modelo estratégico que orienta a jornada do cliente, desde o seu primeiro contato com a empresa até a compra do produto ou serviço oferecido.

Sendo assim, por meio dele é possível conduzir o cliente a um caminho estratégico para que, ao final, ele se matricule na sua instituição de ensino. Para isso, o blog é abastecido com conteúdo do funil. Entenda mais sobre o assunto continuando a leitura!

Topo de funil

O topo de funil, ou ToFu (top of the funnel), é a fase do aprendizado e da descoberta, ou seja, o visitante ainda não sabe se tem (ou não) um problema. Imagine que ele está apenas navegando sem rumo pela internet e encontra a sua empresa “por acaso”. 

Nesse sentido, o papel dos conteúdos do seu blog é orientá-lo, oferecendo conteúdos ricos (que podem ser e-books, artigos, infográficos ou webinars). Esses materiais são acessados pelo usuário somente após o preenchimento de um formulário dentro do seu site.

No questionário, você coleta dados importantes para fomentar as suas próximas estratégias. As principais informações são o nome e o e-mail, contudo, você pode solicitar outras, por exemplo:

  • telefone;
  • profissão;
  • empresa;
  • quantidade de funcionários da empresa em que trabalha;
  • escolaridade;
  • idade;
  • cargo.

Por isso, apenas tenha cuidado para não criar um formulário muito extenso. Então, seja objetivo e solicite apenas informações que realmente sejam importantes para as suas estratégias de marketing educacional.

Quando o visitante fornece os seus dados, ele se torna um lead e pode avançar para as próximas etapas do funil de vendas. Dessa maneira, o blog precisa ser abastecido com conteúdo que conduza o aluno até a fase da decisão de compra. 

Meio de funil

O meio de funil, ou MoFu (middle of the funnel), é a fase da consideração da solução, ou seja, o lead já identificou que tem um problema e está pensando se deve (ou não) investir em uma solução.

Sendo assim, eles querem resolver a sua necessidade, porém, ainda não sabem como fazer isso. Por isso, você pode oferecer conteúdo rico (download de um material, planilha ou blog post) para que o lead amadureça a ideia e vá para a próxima ideia do funil.

Fundo de funil: fase da decisão de compra

O fundo de funil, ou BoFu (bottom of the funnel), é a última etapa do pipeline. Aqui, os leads já estão qualificados e são ótimas oportunidades para o seu time comercial. Isso porque eles já identificaram que têm um problema e conhecem as soluções. Sendo assim, você precisa oferecer materiais que sejam ricos e com bom poder de persuasão e negociação. 

Essa etapa é muito importante para você fechar as vendas e conseguir mais alunos para a sua instituição de ensino. Por isso, as fases anteriores (assim como essa) precisam ser muito bem trabalhadas no marketing educacional.

Divulga o conteúdo do blog certo para a pessoa certa no marketing educacional

Pense bem: de nada vai adiantar você enviar conteúdo sobre um curso de medicina para uma pessoa que pensa em prestar vestibular para um curso de comunicação, você concorda?

Isso significa que você precisa enviar o conteúdo certo para a pessoa certa. Você sabe como fazer isso? É muito simples!

O primeiro passo para que isso aconteça é ter uma boa estratégia digital, criando a (as) persona (asdo seu negócio. Por meio delas, é possível criar o conteúdo ideal que favoreça a melhor condução da jornada de compra.

Promove autoridade no assunto

Quando você investe em conteúdo de qualidade, promove a autoridade no assunto. Assim, as pessoas navegam pelo seu blog e percebem que a sua empresa entende do tema, gerando confiança e credibilidade.

Além disso, se você utilizar as ferramentas certas, melhora o posicionamento da sua empresa nos mecanismos de busca. Assim, quando uma pessoa digita no Google, por exemplo, “curso de marketing digital”, a sua empresa aparece em primeiro lugar.

Favorece resultados mensuráveis

Diferentemente das estratégias de Outbound Marketing, o Inbound permite resultados mensuráveis e com maior retorno sobre o investimento (ROI), já que cada estratégia criada deve ser baseada em objetivos claros e precisos e que devem ser avaliados.

Isso porque não há uma “receita de bolo”, ou seja, uma estratégia que deu certo para uma empresa pode não dar certo para a sua. Então, é sempre importante avaliar os resultados das suas campanhas on-line para sempre propor ações de melhoria constante.

Sendo assim, em médio e longo prazos, os resultados do marketing educacional acontecem mais rapidamente. Além disso, o investimento é muito mais baixo do que o patrocínio de mídias ou investindo no Outbound Marketing.

Conclusão

Criar um blog é um excelente recurso para as instituições de ensino que visam atrair mais alunos. Isso porque, por meio dele, é possível criar conteúdo estratégico que oriente as personas para a jornada de compra, facilitando que elas conheçam, interessem-se e matriculem-se nos seus cursos. Por isso, investir no marketing educacional é uma grande oportunidade para promover a notoriedade da marca e se destacar da concorrência.

Neste artigo, você conferiu de que maneira o blog atrai alunos para a sua instituição de ensino no marketing educacional. Se você achou este conteúdo importante, não deixe de nos seguir nas redes sociais: FacebookInstagram e LinkedIn . Ah! Aproveita e anota também o nosso WhatsApp! Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sobre nós

Asssuntos

RECEBA NOVIDADES